sexta-feira, 8 de abril de 2016

De Oiapoque-AP a São Luís-MA

Equipe do município de Oiapoque(Município brasileiro localizado no extremo norte do estado do Amapá. Sua área é de 22.625 km²; e sua população, de acordo com as estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2015, era de 24 263 habitantes.[5]
Os primitivos habitantes da região são antepassados dos povos Waiãpi, que ocupavam a extensão territorial do rio Oiapoque; dos Galibi e Palikur, concentrados no vale do rio Uaçá e seus afluentes. A palavra Oiapoque tem origem tupi-guarany, sendo uma derivação do termo "oiap-oca", que significa "casa dos Waiãpi".
O município de Oiapoque originou-se da morada de um mestiço, em data que não se pode precisar, de nome Emile Martinic, o primeiro habitante não-índio do município. Sabe-se que a localidade passou a ser conhecida como "Martinica"; e, ainda hoje, não é raro ouvir essa designação, notadamente de habitantes mais antigos. Em 1907, o Governo Federal criou o Primeiro Destacamento Militar do município, que servia de abrigo a presos políticos. Alguns anos depois, esse destacamento foi transferido para Santo Antônio, atual distrito de Clevelândia do Norte, com a denominação de Colônia Militar. Para consolidar a soberania nacional sobre as áreas limítrofes, face ao contestado franco-brasileiro, foi, então, erguido um monumento à pátria, indicativo do marco inicial do território brasileiro.
O município foi criado em 23 de maio de 1945, através da lei 7578.
O município de Oiapoque está localizado na parte mais setentrional do estado do Amapá. Limita-se ao norte com a Guiana Francesa, ao sul com os municípios de Calçoene, Serra do Navio e Pedra Branca do Amapari. Ao leste é banhado pelo oceano Atlântico e a oeste faz fronteira com o município de Laranjal do Jari, Localizado a cerca de 900 km da capital Macapá) participou do Campeonato Brasileiro Região I (AP, CE, MA, PA e PI) realizado nos dias 02 e 03 de abril na cidade de São Luís-MA. 5 atletas(os irmãos Vitor Lopes e Fernando Lopes, os também irmãos Lucas e Luan da Luz e Gabriele Nascimento) e a mãe de uma atleta fizeram uma maratona de 4 dias para chegarem à capital maranhense. De Oiapoque a Macapá foram 12 horas de ônibus, parte da equipe seguiu de avião até Belém-PA e outra parte foram de navio, mais 26 horas navegando. De Belém-PA seguiram de ônibus até São Luis, mais 12 horas de estrada. A maratona iniciou-se no da 28/03 finalizando no dia 01/04.
Todo o sacrifício foi recompensado com a conquista de uma medalha de ouro(Vitor Lopes -73kg Sub-21), uma medalha de prata(Gabriele Nascimento +78 Sub-21) e uma de bronze(Vitor Lopes -73kg Sub-18).

Parte da delegação amapaense também percorreu uma distância longa para representarem o estado. Atletas do município de Santana foram de navio até Belém-PA e seguiram de ônibus até São Luís, Cerca de 40 horas de viagem.


Nenhum comentário:

Postar um comentário